quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Mais um dia...

Oie Filho, Oie Família

Como é a vida não?! 
Ás vezes um "mal entendido" pode gerar conflitos desagradáveis. E o mais importante são as pessoas estarem abertas a buscar a PAZ e aceitá-la com sinceridade.
Hoje algo me chamou muito atenção, tive alguns acontecimentos que só me fizeram agradecer a sabedoria do tempo, da maternidade e da maturidade.
Confesso, que me surpreendi plenamente com a atitude que tomei e com a que recebi em troca, não podia deixar de ver o quanto uma pessoa, ou melhor, o quanto uma mulher muda por um filho.
O quanto a chegada de um filho faz todas, todas as verdadeiras mulheres e mães a amadurecer e se enxergarem como adultas e portadoras de outras prioridades.
Tive um sonho esquisito hoje pela manhã, e resolvi seguir o "resultado" que ele me passava, sendo assim mandei um e-mail para uma pessoa com o conteúdo sobre PAZ, paz para nos como mulheres, paz para as nossas vidas, paz especialmente para vocês nossos filhos.
Sim, pois como eu ela também terá um filho, que com fé em Deus virá perfeito e saudável.
Em 1 ano e pouco as únicas palavras que trocamos eram ofensas, discussões, "ameaças", entre outras coisas.
Mas criei "coragem", deixei tudo que me magoou para trás e tomei a iniciativa. Sem ao menos saber como essa outra pessoa receberia esse e-mail, afinal com tanta raiva que tínhamos (ou temos, sei lá. hahah) achei que entenderia tudo errado, ou melhor, que faria palhaçada com minha cara e as ofensas voltariam mais fortes ainda.
Porém se eu a surpreendi, ela me surpreendeu em dobro.
Creio que não seremos AMIGAS, mas depois de tudo que falamos e pelo motivo maior que temos para pensarmos no futuro e não no passado que está enterrado.
Colocamos um PONTO FINAL (pelo menos espero) nessa história que só estava fazendo mal a mim e a ela.
Quero deixar aqui claro, e para alguns será surpreendente, pois sabem da "raiva" dela por mim e da minha por ela que já não tenho mais nenhum problema a resolver com a Jéssica, a vida nos amadureceu, assim como eu ela reconhece que nossas vidas tem prioridades maiores do que essa raiva infantil de nós duas.
Pelo bem de nossos FILHOS E DE NOSSA NOVA VIDA, chega ao fim as desavenças e ofensas.

Quero deixar aqui registrado que não temos a intenção de "esquecer" o que se passou, mas fazemos questão de viver em PAZ. Esse será mais um passado que não terá importância nessa nova etapa de nossas vidas.
Para quem não entender, infelizmente não posso fazer nada. 
Pois realmente para o ser humano é mais fácil reconhecer e aceitar a GUERRA E OFENSAS do que aceitar a PAZ E CORDIALIDADE. 








2 comentários:

Ser mae disse...

isso mesmo amiga PAZ é o que mundo precisa, parabens pela sua atitulde, eu sei o que estava passando , mais melhor largar o passado pois o preesente sera muito mais grandioso!

Jessica Nunes disse...

Enfiim a paz reiinou!!!!
Espero qe ãao tenhamos maais probleemas...
Baandeira branca rs.